Faggiolli vencedor e recordista na Falperra

 

Simone Faggiolli garantiu na Rampa da Falperra o primeiro triunfo da temporada e voltou a fazer cair o record do traçado bracarense. 

O campeão em título já ontem tinha mostrado as suas intenções ao revelar-se o mais rápido nos treinos. Hoje, logo na primeira subida, rubricou 1m48,686s e esta marca como o novo recorde da rampa. Na segunda subida o homem do Norma M20F repetiu o domínio mas desta feita sem chegar ao segundo 48.

"Foi uma boa rampa e um bom triunfo. Na primeira subida conseguimos bater o recorde, mas poderíamos ter feito ainda um pouco melhor se não fosse a instabilidade climatérica do fim de semana que não nos permitiu ter o carro perfeito. Na segunda subida usei os mesmos pneus da primeira e não foi possível melhorar," afirmava o vencedor no final. 
Christian Merli vinha motivado pela vitória em Rechberg na Austria, tal como em 2016, mas não conseguiu suplantar o seu compatriota e teve de se contentar com o 2º lugar. "Uma boa rampa com muito publico e bom tempo, mas não deu para vencer. Senti a falta de conhecimento do traçado, é a minha segunda presença na Falperra e em 2016 só fizemos duas subidas, portanto esta desvantagem acabou por se refletir nos tempos," afirmou o piloto oficial da Osella que perdeu a rampa por uns expressivos 2,6 segundos. 
A luta pelo 3º lugar estava animada entre Paride Macario e Sebastien Petit com vantagem para o italiano, mas este fez uma péssima segunda subida e Petit acabou por ficar com o degrau mais baixo do pódio. Andres Vilariño conseguiu o 4º lugar absoluto e ainda vencer para o campeonato espanhol. O piloto basco lamentava alguns pequenos problemas como uma cava da roda que se soltou mas "poderíamos ter melhorado um pouco apenas, mas conseguir o 4º lugar absoluto e vencer para o campeonato espanhol é um bom resultado."
Com os problemas na segunda subida Paride Macario ficou com o 5º lugar da geral na frente de Fausto Bormolini que com o Reynard K02 foi o melhor dos Fórmula 3000 em prova.

Rui Ramalho com o 7º lugar da geral foi o melhor português com o Osella PA 21S Evo, tendo visto Pedro Salvador perder uma roda na primeira subida hipotecando um bom resultado. Salvador efectuou a segunda subida e conseguiu o 5º tempo absoluto com o SilverCar. 
Nos GT Vladimir Vitver com o Audi TT DTM bateu o Lamborghini Hurracan Super Trofeo de Jose Lopez Fombona que arrecadou o 2º posto no campeonato espanhol.

Na Categoria 1 do Europeu José Correia impôs o Nissan GTR batendo o Lamborghini Gallardo GT3 de Philippe Schmitter Frey por uns expressivos 6,390s.

 
Classificação final:


1º Simone Faggiolli - Norma M20 FC - 3m37,785s


2º Christian Merli - Osella FA30 - a 2,608s


3º Sebastien Petit - Norma M20 FC - a 7,660s


4º Andres Vilariño - Norma M20 FC - a 14,193s


5º Paride Macario - Osella FA30 - a 17,528s


6º Fausto Bormolini - Reynard K02 - a 24,063s


7º Rui Ramalho - Osella PA 21S Evo - a 25,393s


8º Renzo Napione - Reynard K02 - a 39,507s


9º Petr Trnka - Ligir JS53 Evo II - a 40,803s


10º Andrea Bormolini - Osella PA 21S - a 41,166s

 

TEMPOS ONLINE

 

PARCEIROS APILOTOS